5 previsões para mídias sociais em 2014

Confiram as tendências que podem mudar o jeito como fazemos marketing digital. Trazemos 5 previsões para mídias sociais em 2014:

Todo mundo sabe que o fim de ano é feito de algumas tradições: peru no Natal, roupas brancas no Réveillon e, claro, muitas resoluções e previsões para o ano seguinte. E se tem uma área que gosta de tentar prever o futuro é a das mídias sociais.

A revista Entrepreneur reuniu uma lista com cinco previsões para 2014 nessa área. Vale lembrar que todas essas tendências devem ser pesadas antes de influenciarem as ações de sua empresa na hora de fazer marketing digital.

1. Usaremos mais vídeos curtos para contar histórias
Com a popularização de aplicativos como Vine e a função de vídeo do Instagram, empresas tentarão cada vez mais se comunicar e contar boas histórias por meio de produções curtas. Em 2014, tome tempo para entender essas plataformas e pensar como seu negócio pode tirar proveito delas.

2. Empresas acolherão os seus “fandom”
Para quem não está acostumado, o termo “fandom” (de Fan Kingdom) serve para representar aquele grupo de fãs de alguma coisa – uma série, um filme, um livro. No próximo ano, será comum para empresas acolherem essas pessoas, que são fanáticas por suas marcas e possuem peculiaridades próprias. Portanto, conheça quem são elas e entre em contato, conheça suas necessidades e as torne advogados de sua marca. Se você ainda não tem um “fandom”, é uma boa oportunidade para usar 2014 para criar um.

3. Google+ se tornará mais popular
Até eu ficaria desconfiado dessa previsão, mas não estamos dizendo aqui que ele substituirá o Facebook. A verdade é que o Google+ vem lançando funcionalidades bastante úteis, como o Helpouts, e suas integrações com seu sistema de busca pode forçar empresas a darem um pouquinho mais de atenção a essa plataforma. Não custa nada lembrar que ele já ultrapassou o Twitter em número de usuários ativos mensais.
4. Contexto será tão importante quanto conteúdo
Todos nós sabemos que conteúdo é importante, mas 2014 será um ano para as empresas aprenderem a criá-lo aproveitando diferentes contextos. Não só inseri-los dentro de eventos que estão acontecendo no mundo, mas também entendendo as características de cada uma das redes sociais que estão sendo usadas.

5. Empresas terão que gastar com estratégias pagas
Com mudanças na forma como os conteúdos de empresas estão sendo propagadas nas redes sociais – principalmente no Facebook -, empresas terão de recorrer com maior frequência a soluções pagas dessas plataformas para que suas mensagens alcancem seus fãs. Isso, ou repensar o objetivo de cada uma dessas mídias em sua estratégia de marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top