Friboi cria ringtone de celular com Tony Ramos

Campanha com Tony Ramos está de volta com o “Ringtony”, toque de celular com a voz do garoto-propaganda global

A situação é extravagante: você está no supermercado (ou no açougue, ou no restaurante) quando, prestes a escolher um corte de carne, o ator Tony Ramos aparece de repente para se intrometer em sua lista de compras.

A ideia bem-humorada da campanha nacional da Friboi fez a marca cair na boca do povo em 2013, e entrar no rol das propagandas que viraram memes, piadas viralizadas na internet. Para continuar a colher os bons frutos do seu bordão, a agência Lew’Lara\TBWA transformou o famoso “Essa carne é Friboi?” em ringtone oficial de celular, ou melhor, um “Ringtony”, como foi batizada a nova fase da ação.

Agora, o garoto-propaganda e zelador dos carrinhos de supermercado poderá estar de fato presente no momento de compra. Algumas combinações de frases com a locução do ator foram disponibilizadas para download.

Entre as opções estão os vocativos ‘Ô amigão”, “Ei, ei”, “Psiu”, complementados por “essa carne aí é da Friboi?”, “essa delícia aqui é padrão Friboi?” ou “essa bela picanha é Friboi”?, entre outros. Quem preferir poderá também trocar a voz do famoso por outros narradores: “Mulher sensual”, “Velhinha” e “Robô” estão na lista.

A ideia é aproveitar o boca-a-boca conquistado e continuar a marcar presença na internet, explicou à EXAME.com Márcio Oliveira, presidente da Lew’Lara\TBWA. “Queríamos algo que fosse a cara da web. E, como mais do que uma campanha, a ação tornou-se um movimento, gostaríamos que as pessoas pudessem montar como elas preferem pedir Friboi”, disse.

Segundo Oliveira, a ideia da campanha era construir no brasileiro o hábito (até então pouco comum) de associar carnes à uma marca, e não apenas ao corte. “O objetivo era mostrar que as pessoas têm uma uma corresponsabilidade na hora de comprar o alimento, e não precisam ter vergonha de perguntar pelo nome”, afirmou.

A estratégia parece ter dado certo. As vendas do frigorífico JBS no mercado nacional subiram 20% desde que a empresa deu início a uma campanha publicitária, de acordo com dados oficiais da companhia.

Fonte: Exame

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top